-->

Header ads

Header ads
» » » » » » » » » 2001: Uma Odisséia no Espaço (1968) Marcante

2001: A Space Odissey (1968) - Stanley Kubrick -

O filme começa na pré-história, quando um grande monólito negro está na Terra, ao lado de primatas. Num salto temporal, grande monólito negro é encontrado por uma expedição na Lua, em 1999. Em seguida, em 2001, uma nave equipada com um super computador, HAL 9000 (H de Heurística='descobrir'; AL de ALgorítmica= 'sequência de raciocínio'), e os astronautas David Bowman (Dullea) e Frank Poole (Lockwood), partem em direção à Júpiter, onde foi detectada a presença do monólito negro. O objetivo da missão é descobrir a origem, a intenção e a finalidade do monólito ou de quem o manipula, pois parece estarem monitorando a raça humana. O computador HAL, com seu olho vermelho onipresente, torna-se auto-consciente (uma das primeiras abordagens sobre Inteligência Artificial), dominando os controles da nave e colocando a missão em risco. Bowman descobre a gravidade do problema e acaba descobrindo muito mais do que poderia imaginar...
Comentário: "2001" é uma contagem regressiva para o futuro, o mapa para o destino da humanidade, uma indagação para o infinito. Arthur C. Clarke, autor do livro, disse que se alguém compreender completamente "2001", então ele não conseguiu o seu objetivo, pois a intenção é provocar mais perguntas do que respostas. O filme é simplesmente fascinante. Vencedor do Oscar® de Melhores Efeitos Especiais, em 1969; ganhador do BAFTA de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhor Trilha Sonora; Ganhou o prêmio de Melhor Produção no David Di Donatello, Itália, e cerca de 14 prêmios em vários Festivais. Mostra o drama entre a máquina e o homem, envolto em música e movimento, um trabalho tão influente que Steven Spielberg o comparou com o "Big Bang" dos filmes de sua geração. Talvez seja o maior trabalho diretor Stanley Kubrick (que escreveu o roteiro junto com Arthur C. Clarke), e que ainda inspira e fascina inúmeras gerações de diretores e espectadores. Não há diálogos nos primeiros 25 minutos e nos 23 minutos finais do filme. O filme não estava indo bem nos cinemas, até que os jovens começaram a lotar os cinemas, especialmente pela cena do 'Portal Estelar', sob efeito de drogas psicotrópicas (LSD)Este foi o último filme feito sobre o homem na Lua, antes de Neil Armstrong e Buzz Aldrin caminharam por lá na vida real. Mais de 40 anos depois, ainda existe a 'teoria da conspiração' de que isso não é uma coincidência, alegam que todas as filmagens da viagem de Armstrong, eram tomadas dirigidas por Stanley Kubrick, cenas que sobraram deste filme. O sol e a lua crescente alinhados na foto de abertura, era um símbolo do 'Zoroastrismo', uma religião persa antiga que antecedeu o budismo e cristianismo, que era baseada nos ensinamentos do profeta Zoroastro, também conhecido como Zaratustra. Esse alinhamento especial simboliza a eterna luta entre a luz e a escuridão. Apropriadamente, o famoso tema musical de "2001", "Assim falou Zaratustra", é um poema sinfônico de Richard Strauss, baseado em um livro de Friedrich Nietzsche, que continha sua famosa declaração "Deus está morto". Pode-se supor, dado aos métodos de trabalho de Stanley Kubrick, que nada disso foi puramene acidental. Vários espectadores admirados com o início do filme, se perguntaram onde Kubrick tinha obtido macacos tão bem treinados. Mais tarde ele brincou que "2001" perdeu o prêmio do Oscar de Melhor Maquiagem, para "O Planeta dos Macacos", em 1968, porque os juízes não perceberam que os macacos de "2001" eram realmente pessoas. O custo de produção do filme foi de 10 milhões e meio de dólares. O animal utilizado no início do filme, junto aos macacos, é a nossa conhecida anta. Para começar sua viagem pelo futuro, Kubrick visita nosso passado ancestral, em saltos no tempo, mostra nossa evolução até o estágio do homem partir para colonizar o espaço, quando o astronauta Bowman (Dullea) entra realmente no universo, talvez até para a imortalidade. "Abra a porta Hal"... e deixe o medo e o mistério invadir você... 
Genial, imperdível e obrigatório!
Direção:  Stanley Kubrick
Elenco: Keir Dullea, Gary Lockwood, Douglas Rain (voz de HAL)
País de Produção: USA
Ano de Produção: 1968
Duração: 148 minutos

Legendado


(Aguarde o carregamento - início demorado - 3 minutos) 




POSTERS (30) + (35 ALTERNATIVOS)
USA
 
BRASIL
 
ALEMANHA
AUSTRÁLIA
CANADÁ
DINAMARCA
ESLOVÁQUIA
ESPANHA
FRANÇA
HUNGRIA
INGLATERRA
JAPÃO
MÉXICO
POLÔNIA


POSTERS ALTERNATIVOS (35)





























Sobre o Autor gabriel pereira

Um Eterno Apaixonado pela 7ª Arte.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um Comentário

Aventura

Aventura»

Brasileiro

Brasileiro»

ASSISTA TAMBÉM